segunda-feira, 22 de junho de 2009

Mysql, comando via console, parte 1.

Confesso que o Phpmyadmin é muito fácil e amigável para gerenciar bancos de dados do que via console, porem há casos e casos, aqui vou mostrar alguns comandos uteis pra quem trabalha com o Mysql ou gerencia servidor com ele instalado. Todo comando abaixo foi testado e usado no Linux, porem o Console do Mysql tanto para Windows e Linux é igual, nunca usei ele no Windows, mas acho que deve ser igual para acessa-lo. Esse artigo leva em consideração você já tenha o Mysql instalado e rodando.
1º Entrar no console:
# mysql -p
Com esse comando será solicitado a senha do root do Mysql (Administrador).
2º Criar Banco de dados:
mysql> create database nome_do_banco;
Todo comando com tem que ter o ";" no final para delimitar o comando.
3º Listar Banco de Dados existentes:
mysql> show databases;
Esse comando irá listar todos os Bancos de Dados do Mysql inclusive os de uso dele.
4º Selecionar um Banco de Dados:
mysql> use nome_do_banco;
Esse comando seleciona um banco para se faze alterações, como criar tabelas, apagar tabelas, zerar o conteúdo de tabelas e outras coisitas mais.
5º Criar tabela:
mysql> create table tabela;
Antes de executar esse comando deve-se executar o comando anterior, ou melhor, selecionar um Banco de Dados para criar uma tabela.
6º Exibir tabelas de um Banco de Dados:
mysql> show tables;
Porem esse comando não tem efeito se não for selecionado um Banco de Dados antes.
7º Ver os campos de uma tabela:
mysql> describe tabela;
Como afirmado antes, esse comando não tem efeito sem selecionar um Banco de Dados antes.
8º Criar uma tabela com os respectivos campos:
mysql> CREATE TABLE funcionarios (
codigo int(5) NOT NULL auto_increment,
nome varchar(40) NOT NULL default '',
cargo varchar(25) NOT NULL default '',
setor varchar(25) NOT NULL default '',
PRIMARY KEY (codigo) );

Eu ainda não tentei criar uma tabela e depois criar seus respectivos campos, o metodo acima cria a tabela já com seus campos, e cada um com seu tipo de dado, porem os tipos de dados é materia para outro artigo.
Até o proximo, e que a força esteja com você!

3 comentários:

Lu Freitas disse...

Muito util esse post, era a informação que esta procurando,abraço =]

Rafael Medaglia disse...

Me ajudou muito bro! Obrigado

Everton Muniz disse...

Vlw...
Abrs